• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • LinkedIn
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > GS1101

Sociologia do Envelhecimento I


Código: GS1101    Sigla: SE1

Ocorrência: 2021/22 - 1S

Área de Ensino: Sociologia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LGS 15 Despacho 6311/08 de 05 de Março 4 ECTS

Horas Efetivamente Lecionadas

TURMA1

Teóricas: 10,00

Docência - Horas

Teóricas: 2,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
Idalina Maria Morais Machado   2,00

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

Fornecer aos alunos conhecimentos substantivos sobre as grandes evoluções das sociedades contemporâneas de modo a romper com as visões estereotipadas relativamente aos fenómenos sociais e, muito particularmente, ao fenómeno do envelhecimento:
a) Compreender que o envelhecimento é mais do que um processo biológico e que o conceito de pessoa idosa evoluiu ao longo do processo civilizacional;
b) Compreender o que são regularidades sociais a partir do estudo da transição demográfica;
c) Compreender e explicar os principais factores económicos, políticos e culturais que estão na génese do fenómeno do envelhecimento;
d) Ser capaz de utilizar de forma sistemática os principais instrumentos de recolha e tratamento de dados estatísticos, bem como proceder à interpretação dos mesmos conciliando abordagens qualitativas e quantitativas.

Programa

1. Introdução: conceitos básicos
2. A transição demográfica
2.1. Medir o envelhecimento demográfico: principais indicadores
2.2. Principais dinâmicas demográficas no mundo, na Europa e em Portugal
3. Duplo envelhecimento demográfico: fatores explicativos
3.1. Factores económicos, políticos e culturais da diminuição da natalidade
3.2. Factores económicos, políticos e culturais do aumento da esperança de vida e da longevidade
4. Envelhecimento e saúde: perspetivas de vida saudável após os 65 anos

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC


Bibliografia Principal

Bandeira, L. (dir);Dinâmicas demográficas e envelhecimento da população portuguesa (1950-2011). Evolução e perspectivas, Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos. (Disponível em: https://www.ffms.pt/upload/docs/dinamicas-demograficas-e-envelhecimento-da-populac_efe8FbqdjUGZx3LduUIzgg.pdf) , 2014
Carneiro, R. (coord.);O Envelhecimento da População: Dependência, Ativação e Qualidade, Lisboa: CEPCEP - Faculdade de Ciências Humanas - Universidade Católica Portuguesa. (Disponível em: http://www.qren.pt/np4/np4/?newsId=1334&fileName=envelhecimento_populacao.pdf) , 2012
Fernandes, A. A.;Velhice e Sociedade, Oeiras: Celta Editora, 1997
Fernandes, A. A.;Velhice, solidariedades familiares e política social. Itinerário de pesquisa em torno do aumento da esperança de vida. , Sociologia, Problemas e Práticas, 36, 39-52., 2001
Fernandes, A. A. ;Determinantes da mortalidade e da longevidade: Portugal numa perspectiva Europeia (EU-15, 1991-2001). , Análise Social, XLII(183), 419-443. (Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/aso/n183/n183a03.pdf), 2007
Henriques, F. C. ;Cenários de envelhecimento e saúde em Portugal no século XXI ¿ causas e consequências de uma transição demográfica tardia. , População e Sociedade, 18, 121-143., 2010
INE;O envelhecimento em Portugal, Situação demográfica e sócio-económica recente das pessoas idosas, Lisboa: INE. , 2002
Kohler, H.; BillariI F. & Ortega J. ;The emergence of lowest-low fertility in Europe during the 1990s. , Population and Development Review, 28(4), 641-680. (Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.589.4582&rep=rep1&type=pdf), 2002
Mendes, M. F. ;Introdução ao estudo ¿ Determinantes da fecundidade em Portugal. , Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos. (Disponível em: https://ffms.pt/publicacoes/grupo-estudos/1517/determinantes-da-fecundidade-em-portugal) , 2016
Nações Unidas ;World Population Ageing - 2015., Nova Iorque: Nações Unidas. (Disponível em: http://www.un.org/en/development/desa/population/publications/pdf/ageing/WPA2015_Report.pdf) , 2015
OMS;Relatório mundial de envelhecimento e saúde. , USA: OMS. (Disponível em http://sbgg.org.br/wp-content/uploads/2015/10/OMS-ENVELHECIMENTO-2015-port.pdf) , 2015
Rosa, M. J. V. ;O envelhecimento da Sociedade Portuguesa. , Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos. , 2012

Métodos de Ensino

Aulas teóricas: pedagogia centrada nos receptores das mensagens e baseada na articulação entre exposições a cargo da docente e momentos de reflexão e debate, mobilizando os contributos dos estudantes; Aulas de orientação tutorial: apresentação e discussão de trabalhos realizados pelos alunos.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Avaliação Contínua

Os alunos poderão optar por uma das seguintes modalidades de avaliação

1. Avaliação distribuída (Artigo 11º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos) que é composta pelos seguintes elementos:

a) Realização de um teste escrito (ponderação de 60%) que decorrerá na época de exames.

b) Realização de um relatório temático em grupo, com apresentação oral (componente escrita: 25% e componente oral :15%: ponderação total de 40%). 
Apresentações orais: 24 de novembro de 2021.
Entregue do relatório em papel, impresso frente e verso: 15 de dezembro de 2021.


2. Exame Final (Artigo 12º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos):
Realização de um exame escrito final.


Avaliação Final

Avaliação distribuída
Teste = 60%
Relatório = 40% (25%: componente escrita; 15%: componente oral)


Exame final
Exame = 100%

Provas e Trabalhos Especiais

Não aplicável.

Avaliação Especial (TE, DA, ...)

De acordo com o estabelecido no Regulamento de avaliação de conhecimentos.

Melhoria de Classificação Final/Distribuída

De acordo com o estabelecido no Regulamento de avaliação de conhecimentos.