• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • LinkedIn
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > 23MGS2102

Metodologia de Investigação em Gerontologia Social 1


Código: 23MGS2102    Sigla: MIGS1
Áreas Científicas: Metodologia de Investigação/Intervenção Social

Ocorrência: 2023/24 - 1S

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
MGS 10 Aviso nº 16432/2023, de 30 de Agosto 5 ECTS

Horas Efetivamente Lecionadas

1TMGS

Teórico-Práticas: 22,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 2,00

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 2,00
Sónia Patrícia Vilar Martins   2,00

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

  1. Desenvolver conhecimentos e competências de investigação científica no âmbito da Gerontologia Social;
  2. Desenvolver competências para pesquisa bibliográfica em bases de dados científicas;
  3. Aprofundar a reflexão acerca da articulação entre investigação e intervenção, designadamente através do estudo dasmetodologias de investigação-ação.
  4. Capacitar os estudantes para a elaboração de protocolos de investigação inovadores.

Programa

1. Processos e fases da investigação: da interrogação à descoberta científica.


2. Desenhos de investigação

2.1. Desenhos quantitativos
2.2. Desenhos qualitativos
2.3. Desenhos mistos
2.4. Investigação-ação
2.4.1. Instrumentos ao serviço da transformação das práticas profissionais e institucionais.
2.4.2. Da análise de uma situação social à ação: hipóteses teóricas, hipóteses de ação, objetivos, métodos e estratégias de intervenção, elaboração de programas e dispositivos de ação, avaliação de projetos.
2.5. Questões éticas

3. Literatura científica
3.1. Pesquisas simples e pesquisas avançadas
3.2. Revisão e análise crítica de artigos científicos
3.3. Escrita científica
3.4. Normas de referenciação bibliográfica

4. Disseminação do conhecimento
4.1. Apresentação e divulgação de resultados
4.2. Comunicações orais e painéis em conferência


Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Um dos objetivos da disciplina consiste no desenvolvimento de uma formação sólida sobre noções de investigação e de ética em investigação, com uma forte componente de aplicação em Gerontologia Social. Assim, os conteúdos privilegiam conceitos relacionados com os fundamentos teóricos do processo de investigação e investigação aplicada à área científica.

Recorrer-se-á ao estudo das metodologias de investigação-ação, para que os alunos possam desenvolver as competências necessárias à construção de protocolos de investigação inovadores. A abordagem dos problemas da metodologia de projeto que constitui a prática de intervenção social como objeto de conhecimento permite que os alunos façam a aplicação integrada dos conhecimentos e das competências adquiridos a situações em que estão envolvidos em algumas estruturas da realidade social.

Bibliografia Principal

American Psychological Association (APA;Publication manual of the American Psychological Association: the officialguide to APA style (Seventh edition.)., Washington, DC: American Psychological Association., 2020
Guerra, I. ;Fundamentos e Processos de uma Sociologia da Acção, Lisboa: Principia., 2000
Oliveira, E., & Ferreira, P. ;Metodos de investigac¿ao: da interrogac¿ao a descoberta científica, Porto: Vida Economica., 2014
Peres-Serrano,G.;Elaboração de projectos sociais. Casos práticos, Porto: Porto Editora, 2010
Pocinho, M.;Metodologia de investigacao e Comunicacao o do Conhecimento Cientifico, Lisboa: Lidel., 2012
Thomas, C. G. ;Research Methodology and Scientific Writing (2nd Edition)., Switzerland: Springer, 2020

Bibliografia Complementar

Fortin, M. F. ;O processo de Investigação: da concepção à realização , Loures. Portugal. Lusociência. editor: Lusodidacta , 2009. ISBN: 9789728383107
Creswell, J., & Creswell, J.D.;Research design. Qualitative, quantitative and mixed methods approaches, Sage publications., 2018
Weil, J. ;Research design in aging and social gerontology: Quantitative, qualitative, and mixed methods. , Taylor & Francis., 2017
Hoogenboom, B. J., & Manske, R. C.;How to write a scientific article. , International journal of sports physical therapy, 7(5), 512¿517., 2012
Donato, H., & Donato, M. ;Stages for undertaking a systematic review, Acta medica portuguesa, 32(3), 227-235., 2019

Observações Bibliográficas

O atendimento aos estudantes decorre no Gabinete 3, às 4ª feiras (14:00h-16:30h) e 5ª feiras (14:00h às 16:00h). A docente poderá ajustar o seu horário às necessidades dos trabalhadores-estudantes, devendo o atendimento ocorrer sob marcação prévia por email.

Métodos de Ensino

As aulas terão um caráter predominantemente interrogativo, com caráter problematizador e ênfase na reflexão e na análise crítica dos temas constantes no programa da unidade curricular. Assim, a UC funciona com sessões de trabalho teórico-práticas, por meio da utilização de metodologias expositivas, suportadas por elementos convencionais e multimédia, e com sessões mais práticas de discussão alargada de textos e de análise de documentos (e.g., problemas práticos, análise crítica de artigos).
Algumas aulas contarão com a presença de convidados para exposição de temáticas e respetivas abordagens metodológicas (e.g., ex-alunos do Mestrado).



Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  36
30% - Realização de um trabalho escrito individual  Trabalho laboratorial ou de campo  2024-01-13
10% - Participação ativa nas aulas  Participação Presencial  2024-01-13
60% - Teste de avaliação escrito e individual  Teste/Exame  2024-01-13
  Total: 36

Avaliação Final

Os(as) alunos(as) poderão optar por uma das seguintes modalidades de avaliação:

 
1. Avaliação distribuída:

10% - Participação ativa nas aulas
30% - Realização de um trabalho escrito individual
60% - Teste de avaliação escrito e individual (predomínio de questões de escolha múltipla)

2. Exame final


Nota: O trabalho escrito individual terá que traduzir o estado de arte (state of the art) de um tema emergente na área de Gerontologia Social e que seja do interesse dos(as) estudantes, podendo constituir uma primeira proposta referenciadora das questões metodológicas, a seguir no desenvolvimento do trabalho final de mestrado.

Provas e Trabalhos Especiais

De acordo com o Regulamento dos Cursos de 2º ciclo (Mestrado) do ISSSP.

Avaliação Especial (TE, DA, ...)

De acordo com o Regulamento dos Cursos de 2º ciclo (Mestrado) do ISSSP.

Melhoria de Classificação Final/Distribuída

De acordo com o Regulamento dos Cursos de 2º ciclo (Mestrado) do ISSSP.

Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Os conteúdos desta UC privilegiam conceitos relacionados com os fundamentos teóricos do processo de investigação e investigação aplicada à área científica. 


Estas abordagens permitem:
  1. Desenvolver raciocínio crítico e análise de artigos científicos;
  2. Perceber como selecionar desenhos e métodos de investigação;
  3. Integrar a metodologia de projeto, principalmente preocupada com o desenvolvimento de competências para saber pensar a intervenção social no campo da gerontologia social;
  4. Mobilização da experiência de intervenção social dos alunos, decorrente de um processo de trabalho em contacto com ex-alunos e investigadores;
  5. Lançamento das bases do trabalho dos alunos na elaboração do trabalho, a realizar no 3º semestre do mestrado.