• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • LinkedIn
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > SS1910216
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Diagnóstico Psicossocial 1


Código: SS1910216    Sigla: DP1
Áreas Científicas: SERVIÇO SOCIAL

Ocorrência: 2020/21 - 1S

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LSS1 55 Despacho 11629/2007, de 12 de Junho 5 ECTS

Horas Efetivamente Lecionadas

2TURMAU

Teórico-Práticas: 21,00

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 1,50

Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 1,50
Elsa Montenegro Moreira Marques   1,50

Língua de Ensino

Português

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

1. Desenvolver competências ao nível da elaboração de diagnósticos psicossociais 1.1 Adquirir saberes teóricos para formular problemas sociais 1.2 Mobilizar conhecimentos teóricos de origens disciplinares diversas para apreender o articulado de factores sociais geradores dos problemas que os estudantes observam em contexto de estágio 1.3 Elaborar problemáticas teóricas capazes de romper com interpretações de senso comum a respeito dos problemas sociais 1.4 Saber decompor conceitos em dimensões e respectivos indicadores, com vista à estruturação de processos de observação e de recolha de informação 2. Exercitar as aprendizagens realizadas nas disciplinas de métodos e técnicas de investigação social no que respeita ao processo de observação, registo e análise de informações relevantes para a construção de um diagnóstico.

Programa

I. Considerações teóricas gerais sobre o diagnóstico 1.1 O diagnóstico enquanto instrumento de análise e conhecimento da realidade: o aprofundamento das dinâmicas de mudança, potencialidades e obstáculos com vista ao desenho de soluções; 1.2 A necessidade de sínteses teóricas para a formulação e análise de problemas sociais complexos e multifacetados: a identificação dos fatores que contribuem para a formação dos problemas que se pretendem tratar requer a elaboração de uma problemática teórica; 1.3 A estreita articulação entre a interpretação dos problemas sociais e a identificação de práticas de mudança: a interacção entre o conhecimento e a ação; II. Níveis de elaboração de um diagnóstico 2.1 O pré-diagnóstico: uma fase exploratória de identificação dos problemas 2.2 O diagnóstico: a) a formulação de problemas sociais e a identificação das potencialidades/recursos do meio de intervenção;b) o aprofundamento dos fatores sociais que estão na génese dos problemas que se pretendem tratar: a identificação das causalidades dos problemas obriga à construção de diversas problemáticas teóricas e à elaboração de hipóteses teóricas, explicativas da realidade; 2.3 A hierarquização dos problemas sociais e a definição de prioridades de intervenção: a identificação das possibilidades de transformação e a identificação dos atores capazes de sustentar uma dinâmica de mudança.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Sendo o principal objetivo da disciplina desenvolver competências de elaboração de um diagnóstico psicossocial, os conteúdos programáticos encontram-se estruturados em função de vários requisitos, entre os quais se destacam os seguintes: a seleção/articulação de um conjunto de saberes teóricos adequados à compreensão do que é um diagnóstico psicossocial, suas principais etapas de elaboração, cuidados a adotar no processo de construção deste instrumento e sua relevância para a conceção de programas de intervenção. 

Bibliografia Principal

GUERRA, Isabel;Fundamentos e Processos de uma sociologia de Acção, Cascais, Principia, 2000
GAULEJAC, V., BONETTI, M., FRAISSE, J.;L'Ingénierie sociale, Paris, Syros, 1995
ALMEIDA, José Luís de; SOUSA, Paula;Avaliação Diagnóstica na Prática do Serviço Social, Viseu, PsicoSoma, 2016
ANDER-EGG, Ezequiel ;Investigacion y diagnostico para el trabajo social. , 2ª ed. Buenos Aires : Humanitas, 1990. ISBN: 950-582-201-5
ANDER-EGG, Ezequiel ; AGUILAR IDÁNEZ, María José ;Cómo elaborar un proyecto : Guía para disenar proyectos sociales y culturales., Argentina, Lumen, 1995
PEREZ SERRANO, Glória ;Elaboração de projectos sociais : casos práticos., Porto : Porto Editora, 2008. ISBN: 978-972-0-34857-9

Métodos de Ensino

O processo de ensino-aprendizagem assenta em dinâmicas activas, a partir da apresentação de filmes e de várias experiências de intervenção social, devidamente sustentadas pelo recurso ao método expositivo, através da selecção e articulação dos contributos teóricos indispensáveis para a compreensão do conceito de diagnóstico psicossocial. A pedagogia é centrada essencialmente na análise e reflexão dos instrumentos de diagnóstico que serão apresentados por diferentes profissionais convidados para abordar a sua experiência em matéria de avaliação diagnóstica (em distintos campos de intervenção).


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  21
  Total: 21

Avaliação Contínua

Os alunos poderão optar por uma das seguintes modalidades de avaliação: 1. AVALIAÇÃO DISTRIBUÍDA (Artigo 11º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos) que consistirá na realização de um exercício escrito (em grupo) e de um teste individual. O 1º exercício escrito (em grupo) deverá ser entregue em dezembro de 2020. O teste decorrerá na data do exame final. Cada um dos elementos de avaliação (exercício e teste) tem uma ponderação de 50%. 
Note Bem: Para que o aluno se possa manter na avaliação distribuída deverá assistir a 75% do número total de aulas (Ponto 7 do Artigo 11º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos). 
2. EXAME FINAL (Artigo 12º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos) que consistirá na realização de um exame escrito individual.

Avaliação Final

Para alunos em avaliação distribuída 
Exercício escrito = 50% Teste = 50% 

Para alunos em exame final Exame = 100%

Provas e Trabalhos Especiais


Melhoria de Classificação Final/Distribuída


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A metodologia de ensino adotada permite que os saberes científicos sejam seleccionados e articulados em função das experiências concretas de avaliação diagnóstica que serão apresentadas na sala de aula.  A pedagogia utilizada, sustentada numa abordagem expositiva mas também centrada na reflexão crítica dos instrumentos de diagnóstico partilhados pelos profissionais convidados, é uma condição para que os estudantes compreendam o que é um diagnóstico e sua relevância para a intervenção.