• EN
  • Ajuda Contextual
  • Imprimir
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
  • LinkedIn
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > SS2210213

Seminário 2: Aproximação à prática profissional


Código: SS2210213    Sigla: S2
Áreas Científicas: SERVIÇO SOCIAL

Ocorrência: 2023/24 - 2S

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos Horas Contacto Horas Totais
LSS1 45 Aviso nº 16918/2022 de 30 de Agosto 6,5 ECTS 120 162,5

Horas Efetivamente Lecionadas

1TURMAP1

Trabalho de Campo: 0,00
Seminário: 0,00

1TURMAP2

Trabalho de Campo: 0,00
Seminário: 0,00

1TURMAP4

Trabalho de Campo: 0,00
Seminário: 0,00

1TURMAP3

Trabalho de Campo: 0,00
Seminário: 16,00

Docência - Horas

Trabalho de Campo: 6,00
Seminário: 2,00

Tipo Docente Turmas Horas
Trabalho de Campo Totais 4 24,00
Madalena Sofia Alves de Oliveira   0,00
Maria de Fátima dos Santos Ferreira Pinto   0,00
Mónica Sofia da Silva Mendes Alexandre   0,00
Paula Cristina Salgado Pereira Rodrigues Vieira   0,00
Seminário Totais 4 8,00
Madalena Sofia Alves de Oliveira   2,00
Maria de Fátima dos Santos Ferreira Pinto   2,00
Mónica Sofia da Silva Mendes Alexandre   2,00
Paula Cristina Salgado Pereira Rodrigues Vieira   2,00

Objectivos, Competências e Resultados de aprendizagem

1. Permitir o contacto direto do aluno com a realidade social e problemas que são objeto de intervenção dos assistentes sociais
2. Adquirir competências de seleção e articulação dos saberes teóricos que permitam compreender os fenómenos e problemas sociais em estudo
3. Compreender os sistemas de proteção social e o seu quadro normativo de referência
4. Iniciação dos estudantes nas técnicas de observação de terreno: observação participante e observação directa;
5. Iniciação dos estudantes nos procedimentos essenciais à construção da relação;
6. Iniciação dos estudantes no desenvolvimento de competências emocionais e sociais.

Programa

1. Contributos teóricos relevantes para a análise dos fenómenos e problemas sociais em estudo/intervenção
2. Quadro normativo de referência, medidas de política social, respostas e apoios sociais a acionar no combate aos problemas sociais
3. Observação profissional: Eu e os Outros
3.1. A não neutralidade do processo social de observação: a observação como procedimento que obedece a regras e condições de interacção social;
3.2 A observação como processo de comunicação/relação que exprime algo sobre os interlocutores: os estilos de comunicação na relação com os outros; as barreiras na construção da relação: internas e externas; os procedimentos adequados para a construção de uma relação;
3.3. Iniciação à observação de terreno: o processo de recolha de informação e o registo da informação.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos da UC

Os conteúdos programáticos cumprem o objetivo de contribuir para a reflexão sobre alguns dos processos sociais que estão na origem de múltiplas formas de exclusão social. Cumprem, igualmente, o propósito de dar a conhecer como estão organizados os sistemas de proteção social, quais são as medidas de política social e os apoios sociais a mobilizar na intervenção.
Procuram, ainda, desenvolver aprendizagens relacionadas com os procedimentos específicos da técnica de observação profissional.

Métodos de Ensino

Inseridos em contextos de trabalho de terreno, os alunos desfrutam de condições pedagógicas que lhes permitem aprender a articular saberes teóricos e de ação. O processo de ensino aprendizagem é estruturado em função dos problemas sociais a tratar. Privilegiar-se-á, sobretudo, a exposição dos conteúdos pelos docentes e a realização de dinâmicas interactivas que remetem os alunos para um papel ativo, estimulando-os a trazer para a sala de aula os problemas suscitados pela sua presença e participação nos dispositivos de ação. Este método de ensino é compatível com um modelo de avaliação contínua sustentado na participação ativa dos alunos nas aulas e na elaboração de diários de campo que demonstrem a sua capacidade de observar, recorrendo a conhecimentos teóricos para interpretar os comportamentos dos profissionais e da população com a qual os assistentes sociais intervêm.


Modo de Avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Avaliação Contínua

Avaliação contínua sem exame final

Avaliação Contínua

A avaliação contemplará dois elementos:
90% - Realização de uma reflexão sobre os problemas sociais que são alvo da intervenção do assistentes social, em função de cada área (partindo dos vídeos, dos testemunhos dos profissionais convidados, exercícios práticos e trabalho de voluntariado realizado pelos estudantes)


10% - Participação nas aulas